25.4.07

Água, Dentes e Cérebro!

Alguém tem noção de quanto tempo demora a lavar os dentes? 1 minuto? 2?
Andava interessada em recordar dicas de como faze-lo correctamente e, claro, fui à net! Na maioria dos sites, os experts aconselham 2 minutos. Experimentei e percebi que, habitualmente, não demoro esse tempo.
Nos sites que procuram motivar/educar a malta a poupar água, calculam 5 minutos nesta tarefa, igual a um gasto médio de 12 litros de água. Considerando a minha experiência (virei cientista!), acho um abuso! Alguém demora 5 minutos?
http://www.descalvado.sp.gov.br/secretarias/ssae/campanha.htm
Nas campanhas sobre poupança de água, lavar os dentes surge no leque de comportamentos diários que, com pequenos ajustes, pode ajudar na gestão deste recurso.
Por exemplo, no teste no seguinte link
http://ambientudo1.no.sapo.pt/ficheiros_diversos/ambientestes/Teste_Ambientudo-Poupar_Agua.xls (formato Excel), o qual procura conhecer as atitudes ambientais e apresenta uma listagem de comportamentos.
Não parece haver um grande consenso (nem pequeno) acerca dos litros que se podem poupar a lavar os dentes. Alguns sites mencionam 12, outros chegam mesmo aos 30! Comum é o facto de que mudar o comportamento na lavagem dos dentes pode contribuir para a economia da água!
Quase todos concordam nos movimentos correctos, bem como na sequência dos mesmos. Em relação ao tempo de vida de uma escova a opinião também é muito semelhante: mudar de 3 em 3 meses e após uma gripe ou constipação.
E há algumas curiosidades associadas a este assunto.
Uma música para animar os preguiçosos:
http://www.seeklyrics.com/lyrics/Temas-Infantis/Lavar-Os-Dentes.html
E se está interessado em aumentar a longevidade do seu cérebro, lavar os dentes pode ajudar! Basta que o façamos com a mão esquerda (destros). Em alguns sites aconselham este truque para estimular o cérebro: melhorar a concentração, o raciocínio lógico e o pensamento criativo.
A neuróbica (designação criada pelo neurobiólogo Lawrence Katz - investigador do Instituto médico norte-americano Howard Hughes), inclui um conjunto de exercícios de estimulação cerebral, no qual está este truque! A Aeróbica está para o corpo, como a neuróbica para o cérebro.
Em 2005, houve em Lisboa um curso de neuróbica, com o objectivo de ensinar pessoas na concentração, a desenvolver os sentidos da visão, tacto e audição e, ao mesmo tempo, fortalecer determinadas zonas do cérebro implicadas na memória, criatividade e inteligência.
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=62&id_news=163888
http://atuleirus.weblog.com.pt/arquivo/2005/04/lavar_os_dentes.html
Tudo começou com: comportamento correcto na lavagem dos dentes… xiii… já me alonguei!

2 comentários:

Mestre disse...

Boa dissertação.
Isto de levar os dentes tem muito que se lhe diga... ;)

Miguel disse...

Antes de mais agradeço a referência ao Ambientudo.
Gostaria de acrecentar algumas coisas a esta "tese":
1ª - Os dentistas e higienistas orais referem que o tempo que se demora a lavar os dentes deve ser de cerca de dois minutos - tempo ideal para que a "acção detergente" da pasta e as restantes propriedades (fluor, etc) façam efeito. Por exemplo, as escovas eléctricas com temporizador desligam ao fim de 2 minutos de utilização.
2ª - Importa saber qual é o débito da torneira que se vai usar. Isto depende da pressão da água e da secção (diâmetro) da torneira. Sem qualquer dispositivo redutor de caudal (economizador/atomizador) o caudal médio rondará os 8 litros por minuto.
3ª - Se a matemática não falhar e com os valores apontados uma lavagem de dentes com a torneira sempre aberta gastará 16 litros de água.
4ª - Mas os dentistas dizem que se deve começar a escovar os dentes com a boca e escova seca - apenas com a pasta dentífrica. Só no final é que será necessária água para bochechar. Para tal bastará um copo de água - 2,5 dl!!!
A ser assim vejamos os milhares de m3 de água que podemos poupar!