24.10.07

Essa Míuda - Jorge Palma

E numa altura em que JPalma passa nas rádios com o novo álbum Voo Nocturno (...encosta-te a mim estou a partilhar contigo, o que não vivi hei-de inventar contigo), aqui fica uma música deste cantor português que aprecio.
Esta é só uma das muitas outras. Por exemplo, ficaria aqui também muito bem aquela assim:
...o meu amor tem 10 mil cavalos a galopar no peito, e um sorriso só dela que nasce quando a seu lado me deito...

Essa miúda - Jorge Palma

Essa miúda é uma fogueira
Que te acende as noites em qualquer lugar
E tu desejas arder com ela
Enquanto bebes o perfume
Que ela deita nos seus trapos de cor
Para te embriagar
Essa miúda é um exagero
Diz que sem ti não sabe voar
Mas tu adoras voar com ela
Enquanto inventas espaços novos
Ela vai arquitetando uma teia
P´ra te aconchegar
Essa miúda faz-te acreditar
Que o Sol é um presente
Que a aurora trás
Principalmente p´ra ti
Essa miúda é uma feiticeira
Prende-te a mente e põe-se a falar
E tu bem tentas compreende-la
Mas o que sai da sua boca
Não parece condizer com o que ela
Te diz com o olhar
Essa miúda faz-te acreditar
Que o Sol é um presente
Que a aurora trás
Principalmente p´ra ti

2 comentários:

Maçã de Junho disse...

A agenda, a obra, o universo artístico de Jorge Palma em www.bloguepalmaniaco.blogspot.com
newsletter/informações: contactar ladoerradodanoite@hotmail.com

Mestre disse...

Adoro Jorge Palma, para mim um dos melhores musicos portugueses dos ultimos 20 anos, a verdadeira antítese do artista-vedeta.

Continua assim por mais umas décadas.