25.2.07

Por falar em já não ir para nova

Na sexta fui a uma consulta com a médica de família. Daquelas em que se espera 2 horas cá fora.
Na consulta...
Pede-se a habitué receita para o método tradicional feminino, e CLARO intervenho sempre com o mesmo discurso: "Detesto tomar a pilula, não haverá alternativa?"
Infelizmente, detesto. É um sacrifício. Alguém me entende?
Alternativa apresentada: implante. Ora, resumindo o método de aplicação, é tudo feito através de um pequeno rasgo na pele. Tanto a colocação como a substituição. Como referiu a médica: "aproveita-se o buraquinho".
Bem, soube mais uns quantos aspectos importantes e... heis que a Sr. Médica repara na minha idade.
Médica: "Bem, por falar em contracepção. Estás com 27 anos, já pensaste em ter filhos?"
Eu de olhos arregalados: "Mas eu ainda só tenho 27 anos!".
Médica: "Pois, mas estás agora a entrar naquela idade em que deves começar a pensar nisso, depois entras no período da gravides de risco".

Meu pensamento: "Aquela IDADE?" Qual idade? Então e pensar em filhos é só preciso ter idade?! LOL Homem para isso?! E vida para isso?

1 comentário:

Johnny disse...

mudaste?