5.8.08

anjos em perfeitos enlaces

cada milímetro do nosso espaço, tem ouro na sua renda, cada abrigo do teu corpo, tem oculta uma prenda
nos traços desse esculpido, nos teus redondos marmoreados, quando pelas pintas te misturas, soltamos as penas de pavões enamorados
nas noites de lua cheia, sobrevoamos os corpos e, sem passarmos as vidraças, debaixo dessas luzes amareladas, libertamos as nossas caças
tu não sabes, mas no branco desse teclado, nos riscos das tuas faces, giram sonhos enveludados, anjos em perfeitos enlaces
se te disser tudo em palavras não poderás imaginar, o que nasce dentro de mim quando me sorris com o teu olhar
tranquilo o teu andar, postura forte e serena, quero levar-te a dançar, eu e tu numa arena
seguro essas garras, que me sucumbem a vergonha, dás-me o melaço mais carinhoso com que o mundo inteiro sonha
tu tocaste os meus dias, por isso sei, mesmo sem saber o que nos espera, comigo sempre te levarei

1 comentário:

lyS disse...

fazia tempo que nao te visitava... quanta paixao em suas palavras!!!
Beijo

www.dans-la-boite.blogspot.com
www.fruit-d-amour.blogspot.com