16.2.09

afecto

olá :)
no passado Sábado foi dia dos Namorados. dia em que as floristas não têm mãos a medir, as lojas de desporto vendem como no Natal, os postais saem das prateleiras como se o mundo acabasse amanhã e, claramente, os afectos andam ao rubro.
pessoalmente, gosto de assinalar o dia. nem que seja com aquele abraço. o dia dos namorados é como o Natal, pode ser quando o homem quer. é um dia como outro qualquer, mas pela data que se comemora, pode ter a importância que lhe queiramos dar.
claramente, sou uma pessoa que questiona a vida, que tenta compreender as coisas que acontecem. já fui mais persistente ou mesmo teimosa neste aspecto. com o passar do tempo (deve ser pela chegada dos 30...) tenho me tornado cada vez + paciente.
acera do tema das emoções, não sei quando deixarei de ter curiosidade por "encaixá-las".
um dia emprestaram-me um livro que fez diferença no modo de me olhar, de olhar os outros, de perceber a mulher e o homem; o olhar sobre a compreensão das relações.
costumo dizer ao mundo: se o homem e a mulher são educados de forma diferente, estimulados de forma diferente, serão diferentes quando têm de atribuir importância "às coisas".
para mim, este livro tornou-se uma espécie de biblia!
este ano, assinalei o dia dos namorados, com a partilha do link do livro com os meus amigos.
deixo aqui também para que possam ler ou simplesmente consultar. acho até que, para ler de seguida não é muito agradável, mas à medida que desfolham encontram semelhanças com algumas situações da vida e vai nascendo uma curiosidade sobre o que os autores pensam sobre isto ou aquilo, e de que modo homem e mulher vêm/sentem determinada situação.
http://www.veterinariosnodiva.com.br/books/homens-marte-mulheres-venus.pdf
os homens são de Marte e as mulheres de Vénus
entretenham-se!
bem-hajam

3 comentários:

Amaral disse...

Fui ver e gravei o link. É minha intenção ler um pouco mais, já que de relações se trata e as diferenças são por demais evidentes para que possa ali encontrar muito de curioso...
O dia dos namorados é como o Natal, sim, será quando o homem quiser e partilhá-lo-à sempre que for chegado o momento - e que esse momento se multiplique...
Ah, e "os homens são de Marte e as mulheres de Vénus" - não esqueçamos!...

.Safih Quelbèrt disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
.Safih Quelbèrt disse...

Olá, fiquei muito agraciada em ver o link de meu e-book se extender alem do Brasil! Fico à disposição para navegar em outros setores vide índice, onde encontram-se filmes super interessantes.
Aproveitando a finalidade de sua dica referente ao link dos livros para download, tem um outro chamado "Conversando com Deus",que quase ao final fala sobre o que buscamos nos relacionamentos e o porquê eles não dão certo às vezes.
Não é um livro religioso. É um desabafo deste autor, vide auto-experiência, depois de ter perdido tudo na vida, desde a parte financeira até os relacionamentos e aí resolveu "conversar com Deus para saber o "porquê"...Vale à pena ler!(mesmo link indicado em sua referência)
Também está disponível o filme no mesmo e-book para assistir.(vide índice - compêndio de filmes)

Um grande abraço e obrigada por compartilhar meu trabalho social!! FIco feliz em poder contribuir com mais pessoas, em diversos âmbitos!

Safih Quelbèrt
http:/www.veterinariosnodiva.com.br