24.2.08

dançar apenas

entediada pelo ruído do dia
desejo ser silenciada
dançar apenas
uma música compassada

entusiasma-me ser surpreendida
por um fim de dia diferente
nem demais nem de menos,
nem frio, nem quente

tirar a capa
soltar o franzido da testa
fechar os olhos para ouvir
ajeitar o pé ao sabor da festa

num movimento suave
em instantes combinados
esquecer o mundo sério e...
deslizar sobre tacos envernizados

não importa se é perfeito
isso não é preocupação
aproveito o momento
ali é lugar para emoção

nem é preciso ser super
basta deixar levar
com jeitinho chegar a vibrar
nuns braços atentos a guiar

custa pouco para ser bem
tenta lá sentir
o dj também está ao nível
podes só descontrair?
hum... espero ser credível
a bailar ficamos bem melhor a sorrir

2 comentários:

alf disse...

Segui o exemplo, fecho os olhos e começo a imaginar.
Aqui neste teu templo, ou porto de abrigo como lhe chamas, sobre as tuas palavras deslizar, eis que tudo acalmas.
Escreves como uma poet.isa e isso tu já sabias. Os teus versos são como leves melodias... The dj poet.isa is in the blog...

figueirinha disse...

Escrevo sem saber muito bem como escrevo. Simplesmente escrevo. Dá-me gozo.
Já me ri com o DJ poet.isa!
Tudo tranquilo para mais uma semana?
;)