30.3.08

Sorrir e acenar

está em cada um escolher o percurso
se do lado da inveja ou um lado menos urso.

se não te podes defender, então ajuda saber:
corjas têm dias contados, sem dar corda aos sapatos
corações despedaçados, ardem sózinhos, morrem queimados e desolados
serão sempre mal tratados.
não acreditam,
apodrecem e definitivamente secam.

que tal arranjar uma vida? sarna para coçar?
ah! e nos entretantos escavem o cérebro
há minhocas por desenterrar.
liberdade não a sabem viver? então ultrapassem os fantasmas
e ponham-se a andar
longe para não vos ver,
ninguém gosta de se arrepender
se um dia vos cobri de escamas
hoje, larga-vos ao mar

e a tudo o mais ao qual não conseguirão escapar!
e, sem naufragar,
sorrir e acenar.

5 comentários:

Um Momento disse...

Hum...
Escolhamos o nosso percurso...acenemos a quem nos quer bem...sorriamos a quem gosttemos :))

Boa semana te desejo

Beijo...em ti!

(*)

lyS disse...

Fazia tempo que nao te rendia uma visita, Adoro seus textos!

Helder disse...

Tal como coloquei no meu Blog hoje.

Pedras no caminho? Guardo todas...!

Mestre disse...

Bem miuda, essa foi forte. Rir e acenar, é mesmo o que faz falta para animar a malta. ;)

Amaral disse...

Acenar sorrindo, em cada percurso escolhido.
Sem naufragar... leitura que arrepia, nesse mar, nesse lado... nesse cérebro escavado... nesse arranjar duma vida, vida fantasma vestida... morta, queimada, dorida...